Clínico geral: como ele pode te ajudar

Você sabe quando deve se consultar com um clínico geral? Esse profissional possui amplo conhecimento sobre o corpo humano, e pode acompanhar o paciente durante toda a vida, pois ele está apto a encaminhá-lo para outro especialista, quando necessário.

Neste artigo, você encontra diversas informações sobre o clínico geral, como:

  • O que faz um clínico geral?
  • Quando é necessário procurá-lo?
  • Que tipos de doenças são tratadas por esse especialista?
  • Exames e tratamentos indicados.

Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto!

O que é clínico geral?

O clínico geral é o médico capaz de identificar diferentes doenças no corpo humano, até mesmo as mais complexas. Ele pode acompanhar o seu quadro de saúde durante anos, pois ele conhece o histórico de cada paciente. Além disso, ele pode ser consultado de forma rotineira para realizar exames de checkup.

Ele está apto a tratar pacientes adultos com enfermidades que não exigem intervenções cirúrgicas. Se for necessário, ele também realiza o encaminhamento para outro especialista. No entanto, de acordo com a Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM), o profissional está apto a diagnosticar e tratar cerca de 80% dos problemas de saúde.

Para atuar como clínico geral, é necessário que o profissional graduado em Medicina se especialize através da residência em Clínica Médica. Após os dois anos de especialização, é possível registrar-se junto ao Conselho Regional de Medicina (CRM) e atuar como especialista na área.

Função do profissional

Além da realização de exames de rotina, o clínico geral pode ser consultado nos seguintes casos:

  • Dores de cabeça;
  • Dores nas costas;
  • Acompanhamento em casos de pressão baixa ou alta;
  • Prescrição de vacinas;
  • Infecções no geral;
  • Prevenção de doenças;
  • Gastrite ou refluxo;
  • Desconforto no corpo.

Como o clínico geral possui amplo conhecimento do histórico dos pacientes, ele é capaz de tratar uma doença com maior eficácia. O tratamento indicado por um profissional também pode evitar possíveis reações por interação medicamentosa.

Por isso, é muito importante que, em casos de presença de algum dos sintomas acima, o paciente busque um clínico geral para receber um diagnóstico preciso com a orientação adequada para o tratamento. Dessa forma, é possível desde o início identificar uma doença e tratá-la de forma eficiente. Isso pode evitar que o problema se agrave e comprometa a saúde do paciente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.