Pronto atendimento em telemedicina: como funciona?

Se você precisa consultar um médico para pequenas urgências, o pronto atendimento em telemedicina pode ser uma solução. Ao realizar uma teleconsulta, o paciente não precisa se deslocar num primeiro momento, para ser atendido em hospitais ou centros médicos, evitando a exposição a riscos desnecessários.

No entanto, é importante ressaltar que nem todos os tipos de casos podem ser tratados por consultas online. Isso porque alguns diagnósticos só podem ser confirmados após a realização de exames físicos ou laboratoriais, exigindo o atendimento presencial. Continue a leitura e entenda quais são os momentos adequados para buscar um pronto atendimento em telemedicina.

Diferenças entre pronto atendimento e pronto socorro

De acordo com a definição do Ministério da Saúde, o pronto atendimento é uma unidade de saúde destinada ao atendimento de casos agudos de menor gravidade. Nesse caso, as unidades de atendimento não estão necessariamente vinculadas aos hospitais, funcionando em um horário pré-definido.

Já o pronto socorro é uma unidade vinculada aos hospitais, que funciona 24 horas por dia e presta assistência aos casos que exigem atendimento imediato. Ou seja, os casos menos urgentes podem ser encaminhados aos postos de pronto atendimento, e também podem ser atendidos por telemedicina. Veja quais são:

  • Suspeita de infecções, entre elas o coronavírus: se você estiver com sintomas da COVID-19, pode receber atendimento médico, avaliação de risco, orientações sobre isolamento, prescrição médica e pedidos de exames para detectar a doença;
  • Dúvidas em relação aos medicamentos administrados: se você faz uso de algum medicamento mas possui dúvidas sobre a posologia, administração e possíveis interações medicamentosas, um profissional poderá te orientar através da teleconsulta;
  • Acompanhamento médico: o atendimento remoto pode ser essencial para o acompanhamento de doenças crônicas. O modelo também é indicado para a entrega e a análise dos exames realizados;
  • Dores de cabeça: a cefaleia nem sempre é sintoma de uma doença. Algumas causas comuns podem incluir: estresse, falta de sono, uso de óculos com grau incorreto e exposição a ruídos altos;
  • Vômito ou náuseas: a ânsia é um sintoma comum, que pode surgir devido ao consumo de determinados alimentos, gastrite, ou até um indicativo de gravidez. Através de uma teleconsulta, o Clínico Geral pode identificar a causa e encaminhar o paciente para outro especialista, se necessário.
  • Temperatura elevada ou febre. Nesse caso, o primeiro atendimento por telemedicina pode ajudar no conhecimento da causa e avaliar a necessidade de busca ao atendimento presencial;
  • Lesões de pele sem outras manifestações clínicas podem ser avaliadas em consulta de pronto atendimento;
  • Mas em todos os casos, o médico que faz o atendimento pode indicar uma consulta presencial.

Quando procurar um pronto atendimento presencial?

Alguns casos apresentam maior gravidade e não é indicado o pronto atendimento em telemedicina. São eles:

  • Falta de ar: pode ser um sintoma de doenças como asma, insuficiência cardíaca e da COVID-19. O quadro deve ser avaliado imediatamente em uma unidade de saúde;
  • Febre persistente: em alguns casos, a febre pode ser preocupante. A elevação da temperatura corporal é causada por uma atividade metabólica do corpo diante de situações anormais no organismo. Ela pode indicar um quadro de doenças virais como: gripe, dengue, chikungunya e zika; bacterianas ou fúngicas. Em caso de suspeita de infecção, é necessário procurar ajuda médica imediatamente, caso seja persistente.
  • Atendimento para traumas físicos, como: cortes, quedas e contusões;
  • Sangramentos;
  • Dores de cabeça, dores abdominais ou torácicas com forte intensidade;
  • Episódios recorrentes de vômito ou diarreia.

O pronto atendimento em telemedicina pode ser uma alternativa para casos menos urgentes. No entanto, se o paciente apresentar algum dos sintomas acima, é necessário buscar o atendimento presencial para evitar que o quadro se agrave.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.